APAE promove Semana de Conscientização ao Autismo

A APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Ituverava promoveu de quatro a oito de abril as comemorações em torno da Semana Mundial de Conscientização ao Autismo com diversas atividades envolvendo os alunos, professores, colaboradores, familiares e a comunidade.

 Conforme explicou a diretora pedagógica da entidade, Lucymara Sanches, as atividades desenvolvidas pela APAE na semana de conscientização sobre o autismo variaram desde programações informativas sobre o trabalho desenvolvido pela equipe multidisciplinar nas redes sociais da instituição, como os projetos desenvolvidos no PATEA (Programa de Atendimento ao Transtorno do Espectro Autista), o projeto da saboaria, Explosão de Aromas.

“Além da divulgação do trabalho da equipe nas redes sociais, tivemos atividades dirigidas aos assistidos e suas famílias, como: passeio de trenzinho pela cidade, gincana interativa, ginástica laboral e dança, com os educadores físicos, também para fechar a semana tivemos um pic nic interativo entre mães, filhos e funcionários e a apresentação dos produtos do projeto Explosão de Aromas, que são lindos sabonetes artesanais”, enumerou a diretora.

 Ela destacou que a importância de comemorar esta data, no entanto, está principalmente em conscientizar a população sobre o autismo, e mostrar a comunidade que lugar de autista é onde ele quiser.

“O trabalho desenvolvido pela equipe do PATEA, vai muito além do atendimento clínico tradicional. Contamos com grupo de orientação destinado às mães dos assistidos, projeto aconchego, que visa à aproximação e interação da família com a Escola, projeto da Saboaria, Explosão de Aromas, que envolve toda a equipe que trabalha no PATEA”, explicou a diretoria.

Segundo a diretora, este trabalho realizado pela APAE tem extrema relevância para a comunidade, sobretudo, no que se refere à levar informação / conscientização da participação ativa do público autista na sociedade.

“Sobre o trabalho desenvolvido no PATEA com os assistidos, nosso objetivo é desenvolver independência pessoal, autoestima, comunicação e socialização, além do currículo pedagógico. Enaltecer as habilidades e diminuir as defasagens”, concluiu a diretora.