Gruta de Nossa Senhora de Lourdes atrai fiéis de toda região

   Não é difícil ser abordado nas ruas de Ituverava por veículos de outras cidades quando os motoristas ou passageiros perguntam “onde fica a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes?”
   O lugar mais que aconchegante na Paróquia São João Batista tem sido visitado constantemente por fiéis de toda região. Mais recentemente um Van de Franca compareceu no local trazendo devotos para visitar o monumento.
   Quando aproveitou o espaço com a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, o padre Adailson Ferreira de Oliveira não esperava mais este viés de turismo religioso.
   “Esses dias fui surpreendido por uma Van de Franca, fiquei surpreso e muito feliz, sempre vem pessoas de outras cidades, pessoas que têm parentes em Ituverava e quando estão na cidade vem conhecer ou visitar a Gruta”, lembra.
   O padre destacou que a procura aumentou após reportagem de uma emissora de TV
   “No início não acreditei quando a produtora da TV me ligou e informei que se tratava de uma coisa simples, diferente de um santuário ou uma obra maior, inclusive o espaço é pequeno, mas autorizei e foi gratificante”, explicou.
   A Gruta também tem tido repercussão nas redes sociais, com as pessoas que comparecem com a finalidade rezar fora dos horários convencionais.
   “Tem pessoas que vem 11 horas da noite 4h ou 5h da manhã, pois é aberta 24 horas por dia e conta com bancos e espaço”, descreve. O padre esclareceu que sempre teve intensão aproveitar o “cantinho” e a ideia da Gruta foi após visitar o Santuário de Lourdes em 2019.
   “Quando começamos a fazer era para ser um lugar para que as pessoas pudessem visitar estando aberto em todo horário e criar um ambiente para quem estivesse passando e desejar fazer uma oração, mas não imaginei que tomaria a proporção que está tomando hoje graças a Deus”, comemora Adailson. Ele recordou que Gruta foi feita em momento muito especial. “Nós construímos no início pandemia em sua fase mais triste e, quando inauguramos tivemos momentos que as igrejas estavam fechadas e então foi o refúgio de muita gente, ao ar livre, aberto e atraiu muita gente, enfim, aconteceu no momento certo”, afirmou o pároco.