Aprovados projetos de denominações de repartições públicas

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal, que ocorreu na noite de 23 de novembro, o vereador Célio Eurípedes da Silveira “Célim de São Benedito” obteve aprovação de projetos de lei que denominam repartições do município e que homenageiam personalidades importantes e marcantes da história de Ituverava. Confira trechos das justificativas apresentadas pelo autor.

Paulo José de Oliveira Neto

Denomina o setor de Lançadoria e Tributos da Prefeitura Municipal. Foi bancário e vendedor de adubo. Teve os filhos Adalgisa, Cássio e Adriana, e deixou netos. Sempre engajado no desenvolvimento do município.

Aparecida Benedita Fonseca Daur

Denomina a Secretaria Executiva da Prefeitura Municipal de Ituverava. Dona Aparecida foi moradora e fundadora do Bar Zanzin – comércio varejista de mercadorias em geral. São seus filhos Fernando, Benedito e Adriana. Nasceu e faleceu em São Benedito da Cachoeirinha.

Carmem Lúcia Mendonça Freitas de Mattos

Denomina a Secretaria da Administração da Prefeitura Municipal de Ituverava. Dona Carmem, professora aposentada, viúva de Norival Freitas de Mattos “Gabirú” com quem teve os filhos Norival, Renato e o atual chefe de gabinete Rafael “Gabirú”. Deixou netos e noras.

Antônio Furlan Teodoro

Denomina a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos da Prefeitura de Ituverava. Antônio foi casado com Leonilda Silvério Teodoro, com quem teve os filhos Adilson, Adalto e Adi Antônio.

Valdir Bastos

Denomina a Secretaria da Previdência da Prefeitura de Ituverava. Valdir foi pedreiro por muitos anos, possuía firma em Ituverava tendo sua principal atividade voltada a materiais de construção. Conhecido como “Didi pedreiro”, teve os filhos Laércio, Ágda, Dagmar, Tânia e Aparecida de Lourdes.

Romeu Barbosa

Denomina a Secretaria da Indústria, Comércio e Agricultura da Prefeitura Municipal. Formado em Direito, Romeu foi, além de fundador, o primeiro presidente da Associação Comercial e Industrial de Ituverava. Presidiu a Fundação Educacional de Ituverava de 1991 a 1996 e foi diretor-executivo após seu mandato. Também foi membro do Conselho de Curadores da FE e presidente do Fundo Social de Solidariedade na gestão de Orlando Seixas Rego.