Paróquia São João Batista conclui obra de átrio

Durante as celebrações do final de semana, a Paróquia São João Batista apresentou para os fiéis e toda população o átrio construído na entrada da Igreja Matriz. Todos já se encantam ao passar pela beleza da obra que se agregou ao templo.

   Em entrevista concedida ao Jornal O Progresso, o pároco, padre Adailson Ferreira de Oliveira explicou como chegou à ideia e execução da obra. Ele lembra que estava em seu pensamento logo quando assumiu a paróquia há cinco anos.

   Necessidade

   O padre narrou que  “percebia que necessitávamos de uma cobertura que trouxesse mais proteção contra a chuva, principalmente nos dias de celebração para o desembarque dos fiéis e nos casamentos para o desembarque das noiva”.  Adailson também enumerou os benefícios imediatos que o átrio já proporcionou aos fiéis na matriz São João Batista.

   “Mas com a construção do átrio da matriz também percebemos que ele ajudou a dar uma maior visibilidade a igreja, inclusive com a fixação do nome da paróquia na fachada facilitando a identificação da paróquia principalmente para quem não é da cidade”, ressaltou.

   Devido aos atrativos anexos à Igreja como Monumento dedicado a São José e Gruta de Nossa Senhora de Lourdes a paróquia se tornou visitada diariamente, atraindo inclusive visitantes de outras cidades.

   Padrão

   Além disso, ele lembrou que o átrio também gerou um lugar de acolhida dos fiéis para a celebração antes de entrar na igreja, onde podem parar se preparar para entrar na matriz, bem como  no final da missa será um lugar onde poderão ficar protegidos da chuva, por exemplo enquanto saem da igreja. Ele também destacou que a obra seguiu o padrão da construção original.

   “Tivemos o cuidado na hora de realizar o projeto de dar continuidade ao estilo da igreja, mandamos o projeto para que a comissão de construção da Diocese de Franca pudesse aprová-lo. O estilo em nada difere da igreja, pelo contrário ele segue o mesmo estilo”, explica Adailson.

   Aprovação

   O pároco também observa a aprovação da população e frequentadores pela obra concluída. “Tenho percebido neste pouco tempo de funcionamento do átrio que a comunidade ficou muito feliz, pois além de causar beleza na igreja proporciona muitos benefícios aos fiéis e a comunidade já percebe isso”, comenta.

   Magnitude

   Ainda segundo Padre Adailson, a obra teve inicio nos primeiros dias do mês de julho e durou até o início de setembro, portanto foram necessários dois meses de construção, pois a benfeitoria tem mais de 80 metros quadrados.

   Reconhecimento

   Ele enaltece as importantes ajudas que obteve na empreitada. “A começar pelos engenheiros, pois foram dois e uma design que nos ajudaram e doaram o projeto do átrio: Herbert Lucas, Pedro Molina e Josi Ribeiro”, declara.

   “A instalação elétrica foi realizada pelo Guilherme Bento que também doou o seu trabalho, e toda a construção foi acompanhada até o seu final pelo Marcelo Duque que também doou seu tempo e serviço para nos ajudar a realizar mais esta obra em nossa paróquia”, reconhece o padre.

   Próximos Projetos

   O padre Adailson informou também que paróquia continua finalizando a obra do Centro Pastoral. “Com a quermesse que iremos realizar no início de outubro pretendemos finalizar a elétrica do salão e a instalação do forro. E depois temos planos de realizar mais obras de melhoria na matriz São João Batista”, adianta.

   Gratidão

   “Minha gratidão à Paróquia São João Batista, de modo muito particular a todos os dizimistas e aquelas pessoas que nos ajudaram com doações, pois os recursos que usamos nessa obra veio particularmente do dízimo, asseguro a todos as minhas orações”, lembra.

   Alegria

“Estou muito feliz porque com mais essa obra a Matriz São João Batista ficou mais visível, bela e acolhedora e assim que queremos a nossa paróquia, um lugar de encontro com Deus e com os irmãos aconchegante e acolhedor”, concluiu o pároco.