Maio Amarelo completa nove anos salvando vidas

Edição de 2022 traz personagens reais para alertar sobre a importância de seguir as regras

Estamos muito alegres. Depois de dois anos – 2020 e 2021 – em que as ações do Movimento Maio Amarelo tiveram que usar a internet, os aplicativos de mensagens instantâneas e as redes sociais para levar a mensagem de um comportamento seguro no trânsito, em 2022, voltaremos a nos “encontrar” verdadeiramente. A principal descoberta que a pandemia da COVID-19 nos trouxe sobre o Maio Amarelo é que ele é sim, um movimento de “encontros”.

Nesse 2022 com a pandemia  mais controlada, poderemos incentivar novamente os órgãos do SNT (Sistema Nacional de Trânsito), a iniciativa privada e a sociedade civil organizada a realizar o que tanto faz a diferença em um trabalho de conscientização: os encontros! E esses encontros, se dão de diversas formas: palestras, reuniões, passeios, blitz educativas, fóruns, workshops, seminários, e tantos outros modos de reunir pessoas para falar do que é considerada ainda pela OMS (Organização Mundial de Saúde), como uma epidemia: o elevado número de mortes por sinistros de trânsito.

Foram nesses dois anos de pandemia, que entendemos quão importantes são os encontros para que a disseminação dos conceitos de segurança no trânsito possa definitivamente se instalar na sociedade, de forma a virar hábito e não esforço. É fundamental “olhar no olho” do nosso interlocutor para convencê-lo que, o que ele faz hoje traz risco e pode ter consequências para o resto da vida. O Maio Amarelo volta para a rua em 2022.

Ainda não temos números oficiais e consolidados de mortes no trânsito em 2020, pelo Ministério da Saúde (DataSus). Mas, alguns órgãos locais, já divulgaram seus dados e, sabemos que a notícia não é das melhores. Nossas pequenas conquistas em reduzir ano após ano o total de vítimas fatais não continuou durante os anos de pandemia, Sim, tudo indica que teremos um leve aumento nesse número, infelizmente.

Por isso, dentro do trabalho capitaneado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, e que, novamente esse ano, tem o patrocínio da CNT Sest/Senat (Confederação Nacional do Transporte – Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) e o apoio institucional do Ministério da Infraestrutura, por intermédio da Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito) vamos levar a mensagem “Juntos Salvamos Vidas” para todos os lugares do Brasil.

A Campanha – “Juntos Salvamos Vidas”

Conforme já acontece há 9 anos , o OBSERVATÓRIO com o apoio dos parceiros CNT Sest/Senat e Senatran está disponibilizando o material  da campanha “Juntos Salvamos Vidas” desse ano para toda sociedade de forma GRATUITA, para que quem quiser se engajar na causa, possa participar  do Movimento, de forma a ter somente um só slogan, uma só mensagem. A partir do site do Maio Amarelo e do hotsite do Movimento no site da Senatran, o parceiro vai encontrar o vídeo oficial deste ano e três dezenas de arquivos com as peças da campanha “Juntos Salvamos Vidas”. São posts, banners, faixas, cartazes, outdoors, busdoors, que o apoiador poderá incluir sua logomarca no material e mandar confeccionar.

Conteúdos da Campanha de 2022

TODO O MATERIAL É GRATUITO. Não é preciso autorização para utilizar o conteúdo disponível. A ideia é fazer com que todos possam usar um mesmo material de comunicação para levar a mensagem do Movimento neste ano a todos os brasileiros. A campanha foi assinada pela produtora Maiori Filmes, de São José dos Campos/SP. O material mostra diversos personagens, sendo que, todos os profissionais que aparecem no material são verdadeiros, ou seja, os bombeiros, médicos, enfermeiros, socorristas e o motoboy são profissionais dessas respectivas áreas. Já os pedestres, motoristas, ciclistas, passageiros e motociclistas são figurantes contratados.

A principal ideia é mostrar que, independente do que escolhemos como profissão, todos nós podemos salvar vidas. E o ambiente onde fazemos isso é no trânsito. Se fizermos o que é certo, correto, seguindo as regras, todos nós podemos salvar vidas.

 Os Representantes do Movimento

Neste ano, o OBSERVATÓRIO elegeu 141 Observadores Certificados como Representantes do Movimento em seus respectivos municípios, regiões ou estados. Esses colaboradores têm como missão incentivar e promover ações que chamem a atenção da sociedade para as questões da segurança viária. Em todos os estados do país, há mais de um Representante do Maio Amarelo.

Eles podem ser encontrados no site do Maio Amarelo, na página de Representantes e lá tem o contato de cada um para que possam ajudar ou contribuir com informações sobre o Movimento deste ano.

Haverá um lançamento oficial do Movimento, em Brasília, já marcado para o dia 29 de abril. Os detalhes serão divulgados mais próximos a data. (Ronaldo Garcia Pinheiro, advogado, instrutor e diretor de CFC)