Falecimentos

Dia 09 – Clóvis Pereira dos Santos, aos 55 anos, pedreiro, filho de Carlos Pereira dos Santos e Ana Célia Pereira (Falecidos). Deixa os filhos Thiago e Cássio; e a nora Maria Isilda. Foi sepultado no dia seguinte às 13h no Cemitério Bom Pastor.
Dia 10 – Edi Rodrigues Misael, aos 72 anos, aposentada, filha de João Bernardes da Silva e Aparecida Elias da Silveira e Silva (Falecidos). Viúva de José Alípio Misael. São seus irmãos Eurípedes, Marilene, Lúcia, Maria Helena, Vilson, Wilson, Jonas e Carlos Antônio (Falecidos), Dirceu e Juvercília. Deixa os filhos José Alípio Júnior, Adriana e Tassiana; e os netos José Alípio Neto, Tales, Talita, Thaina, Tauane, João Gabriel e Pedro; deixa também a nora Roberta; e o genro Celso. Foi sepultada no mesmo dia às 11h no Cemitério Municipal Ariró Procópio dos Santos.
Dia 11 – Elza Dalva dos Santos Silva Rego, aos 81 anos, funcionária pública aposentada, filha de Antônio Rodrigues dos Santos e Elza Barbosa Leite dos Santos (Falecidos). Casada com Videvaldo da Silva Rego. São seus filhos Valdecir (Falecido), Videvaldo Júnior, Beatriz e Bianca; e seus netos Maria Isabel (Falecida), Matheus, Bruna, Laís, Guilherme, Gustavo, João Humberto, Maria Paula, Eduardo e João Pedro. Deixa as noras Ismalia e Ana Beatriz; e os genros João César e Otáclito “Taquinho”. Foi sepultada no mesmo dia no Cemitério Municipal Ariró Procópio dos Santos.
Dia 11 – Nilson Aparecido de Araújo, aos 52 anos, aposentado, residente em Guarulhos-SP. Filho de Joaquim Antônio de Araújo (falecido) e Amélia Pereira de Araújo. São seus irmãos Cleusa Maria e Leni (falecidas), José Araújo, Valdir, Wilson e Vantuir. Foi sepultado no dia seguinte às 10 horas no Cemitério Municipal de Miguelópolis.

Dia 14 – Yvone de Oliveira Zanchietta, aos 86 anos, aposentada. Viúva de José Zanchietta Filho. Deixa os filhos Cláudio e Célia; os netos Fransérgio e Jéssica; e os bisnetos João Miguel e Maria Isabele; deixa também a nora Érika; e o genro Marco Antônio. Foi sepultada no dia seguinte às 11h no Cemitério Bom Pastor.

Dia 16 – Mauro Luís Gonçalves da Silva, 45 anos, motorista, filho de Manoel Roberto da Silva e Joana Darc Gonçalves. Casado com Carla Cristina Mariano Avelar da Silva. Deixa os filhos Ana Júlia Mariano Silva e Marcus Vinícius Silva; e os irmãos Suelen e Manoel. Foi Sepultado no dia seguinte às 11 horas no Cemitério Municipal Ariró Procópio dos Santos.
Dia 17 – Eurípedes Barsanulfo Pinos, aos 71 anos, aposentado, filho de Sebastião Pinos e Maria das Graças Pinos (falecidos), são seus irmãos Lourdes e Vilma. Foi sepultado no mesmo dia, às 17 horas no Cemitério Bom Pastor.
Dia 17 – Dirce Gonçalves Lima,aos 92 anos, aposentada, filhade Manoel Gonçalves Pereirae Maria Gonçalves Pereira (falecidos). Viúva de José PereiraLima. Deixa os filhos Gilberto, Sebastião, José Aparecido, Maria das Dores, Aparecida e Carlos Henrique. São seus irmãos Paulo e Aparecida (falecidos), Nilton, Anésia, Dionísia, Elza, Nadir e Augusta. Deixa netos, bisnetos e noras. Foi sepultada no dia seguinte às 12 horas no Cemitério Municipal Ariró Procópio dos Santos.
Dia 19 – Anderson Luís Ambrósio,aos 33 anos, montador de móveis. Filho de Maria Aparecida Ambrósio e José Antero da Mata, deixa esposa Letícia, o filho Rogério e os irmãos Daniela, Daniel, Devair e Donizete. Foi sepultado no dia 21 às 12 horas no Cemitério Bom Pastor.
Dia 20 – José Geraldo de Melo (Sr.Geremias), aos 81 anos, aposentado. Casado com Andrelina Bárbara da Silva Melo. São seus filhos Wilson Alves de Melo (in memoriam) casado com Maria Lúcia; Nelson Alves de Melo casado com Clélia, Baltazar da Silva Melo (in memoriam), Hélio da Silva Melo casado com Perpétua Marluce e Nilza da Silva Melo casada com Maurício; seus netos Guilherme, Bárbara, Pâmela, Vitor, Isabela e Wilson Júnior; e bisnetas Cecília e Heloísa. Foi sepultado no mesmo dia, às 17 horas no cemitério Bom Pastor.
Dia 20 – Antônio Batista Rosa, aos 80 anos, aposentado, filho de Maria Tavares e José Batista (falecidos). Casado com Edna Helena Barbosa Batista. Deixa os filhos Antônio Carlos, Célia Regina, Sandra Bárbara, Solange Batista, Claudio César e Rosangela Barbara. São seus irmãos Paulo, Joaquim, José e Tereza (falecidos), Ana e Sebastiana; os genros Hamilton e Evandro e as noras Karina e Patrícia. Deixa também 16 netos e 7 bisnetos. Foi sepultado no dia seguinte, às 11 horas no Cemitério Municipal Ariró Procópio dos Santos.

Dia 20 – Edson Hespanha, aos 62 anos, torneiro mecânico aposentado. Filho de Hélio Hespanha (falecido) e Maria José de Lima Hespanha. Deixa a filha Rafaela de Souza Hespanha, o irmão Emerson, os netos João Gabriel, Maria Eduarda e José Felipe e o genro Alailson. Foi sepultado no mesmo dia no Cemitério Municipal de São Joaquim da Barra.