Fafram realiza Dia da Responsabilidade Social

No dia 25 de setembro comemora-se o Dia da Responsabilidade Social. No geral, as ações de responsabilidade social englobam uma série de princípios e práticas que contribuem para o desenvolvimento sustentável. Além disso, são práticas e princípios que prezam pela preservação do meio ambiente e pela construção de uma sociedade melhor.

Na Fafram (Faculdade Dr. Francisco Maeda) de Ituverava diversas atividades foram realizadas na parte da manhã de 18 de setembro, a fim de promover a consciência e a responsabilidade social. O evento ocorreu das 8h às 12h com portas abertas ao público.

O cronograma das atividades foi dividido por cursos. Confira a programação para cada um dos cursos envolvidos.

Sistema de Informação

As atividades realizadas pelo Curso de Sistema de Informação foram no Campus Fafram. A organização das atividades foi de responsabilidade da coordenadora Lidiane A. Kaseniro. As ações foram: “Horta com irrigação automatizada com arduino” – com o objetivo de montar um sistema de irrigação em horas caseiras, com uso de materiais de baixo custo e que são sustentáveis. Os professores responsáveis foram: Lívia, Leandro Ronrado, Levada e Ito.

A outra atividade foi “Descarte de lixo eletrônico para reaproveitamento” – com o objetivo de recolher lixos eletrônicos na busca de desenvolver soluções para promover o reaproveitamento do lixo computacional descartado, beneficiando comunidades carentes por meio da inclusão digital. Docentes responsáveis foram Lidiane e Rogério.

Medicina Veterinária

Em relação à Medicina Veterinária, as ações foram no pátio da recepção da Fafram e no Hospital Veterinário. A organização esteve por conta da professora Elzylene Lega. Foram cinco atividades programadas:

“Atendimento gratuito a cães e gatos com orientação clínica, preventiva e nutricional” – com o objetivo de melhorar a qualidade de vida para estes animais minimizando a transmissão de doenças parasitárias e infecciosas. O professor responsável foi Daniel.

“Atendimento gratuito a equinos de charrete – Projeto carroceiro com orientação clínica, preventiva e nutricional” – que tem por objetivo melhorar a qualidade de vida para estes animais, também minimizando a transmissão de doenças parasitárias e infecciosas, e que teve como professor responsável Romeu.

“Cadastro para castração de equinos de charrete” – com a finalidade de melhorar comportamento destes animais durante o manejo por seus tutores e pela cidade, já que são usados como animais de trabalho. A responsável por esta atividade foi a professora Sônia.

“Feira de adoção responsável – Projeto Propet” – onde foram doados animais que foram abandonados no campus e que precisam de tutores com orientação para posse responsável. A docente responsável era Eliana.

“Projeto de cadastro para cães doadores de sangue – Projeto Cão Amigo” – com a finalidade de formar banco de sangue para uso nos atendimentos de emergência. Sob a responsabilidade dos médicos veterinários do Hospital Veterinário da Fafram.

Direito

Já a ação por parte do Curso de Direito ocorrerá também no Campus Fafram, e foi organizada pelo coordenador Roberto Inácio Barbosa Filho “Betô”. A atividade será “Educação em Direitos para a comunidade” – e busca promover a apresentação de painéis, banners, temas jurídicos de relevância para a comunidade, explicando o conteúdo e as recentes modif cações legislativas. A atividade esteve sob responsabilidade do coordenador Roberto Inácio Filho e da professora Cristina.

Agronomia

Sob a organização do coordenador Vinícius Maciel, as atividades do Curso de Agronomia foram nas salas e no campus Fafram. O evento, por parte da Agronomia, teve três atividades: “Palestra sobre horta doméstica e qualidade de vida” – com o objetivo de informar a população sobre como fazer e cuidar de uma horta doméstica e quais seus impactos na qualidade de vida. A docente responsável foi Lívia Galdiano.

“Demonstração e montagem de uma irrigação para horta doméstica” – uma demonstração de como se realiza a montagem de irrigação para uma horta doméstica. A responsável também foi a professora Lívia Galdiano.

“Palestra sobre alimentação verde e qualidade de vida” – que buscará conscientizar a população sobre uma alimentação mais saudável e seu impacto na qualidade de vida, e que foi realizada sob a responsabilidade de Vinícius Maciel.

Enfermagem

Foram seis as atividades para o Curso de Enfermagem, no pátio e nas salas da Fafram.

A organização foi feita pela coordenadora Andreza Maeda. “Teatro ‘Fast Heroes’ para crianças em idade escolar, orientação com o tema: Se tiver AVC, não fique em casa!, e também premiação do vídeo mais curtido sobre AVC – que buscou apresentar os sinais e sintomas de AVC assim como fatores de risco, prevenção, e o que fazer caso uma pessoa apresente esses sinais e sintomas. A atividade esteve sob responsabilidade da coordenadora Andreza Maeda juntamente com a Liga o AVC.

“Empatia por meio da simulação. Os alunos demonstrarão por meio de equipamentos na própria população quais as dificuldades relacionadas ao envelhecimento” – com o objetivo de demonstrar as dificuldades relacionadas ao envelhecimento. Os responsáveis foram a Liga de Gerontologia e Samanta Cruz.

“Setembro Amarelo – Agir Salva Vidas” – para oferecer para a população, funcionários e alunos, momentos de conscientização quanto à importância da prevenção ao suicídio. Buscando assim desmitificar a cultura e o tabu existentes em relação ao tema, e também sobre as doenças mentais. Dessa forma, foram apresentados os fatores de riscos e sinais de alerta que podem auxiliar na prevenção. A ação de conscientização esteve sob a responsabilidade da Liga de Saúde Mental; Gabriela Carrion; e Mariana de Oliveira.

“Detecção de parada cardiorrespiratória (PCR) e ressuscitação cardiopulmonar (RCP) de acordo com a American Heart Association (AHA)” – para apresentar à população a importância da detecção precoce de uma PCR. A Liga de Urgência e Emergência; professor Danilo; e professora Fernanda Marelli foram os responsáveis.

“Distribuição de mudas medicinais” – com objetivo de entregar para a população mudas de plantas medicinais, objetivando informar os benefícios das mesmas e sua utilidade no tratamento e no bem-estar. Responsáveis: Liga de Sustentabilidade; Aline; e Andreza.

Finalizando o cronograma, haverá “Orientação e conscientização sobre infecções sexualmente transmissíveis (IST)s” – com o objetivo de orientar e conscientizar sobre ISTs. Esta ação teve como responsáveis a Liga de Doenças Infecciosas; Jéssica Cristina; e Maria Gabriela.