IVVI conta com a comunidade para continuidade de projetos

O IVVI (Instituto de Valorização da Vida de Ituverava), fundado em 1999 é uma entidade filantrópica que presta serviço de tratamento da dependência química. Pela instituição já passaram mais de quatro mil pessoas pela recuperação que possui índice superior à média nacional, segundo a Secretaria Nacional sobre Álcool e Drogas.

   Atualmente são 20 pacientes acolhidos com idades entre 18 e 53 anos residentes na Fazenda Pouso Alto. Mais recentemente após ter prédio cedido sem ônus para a instituição pela família Romanini, a entidade iniciou o NAF (Núcleo de Apoio a Família) José Plínio Romanini.

   No local, onde funcionou o Colégio Anglo estão sendo implantadas atividades que têm a finalidade de atrair jovens visando a prevenção do uso de álcool e drogas como: teatro, inclusão digital, basquete, danças, artes marciais, oficinas pré-profissionalizantes, jogos de tabuleiros, tênis de mesa, reiki e outros.

   No mesmo espaço também foi implantado o NAMI (Núcleo de Apoio as Mulheres de Ituverava), criado para apoiar, através de profissionais, as mulheres vítimas de violência doméstica em sua integralidade.

   Para continuidade dos projetos, a entidade conta com apoio da comunidade. Em razão da Comemoração do Dia Internacional do Combate às Drogas, a reportagem do Jornal O Progresso procurou para entrevista o presidente da instituição e fundador José Constantino da Silva (Tino) que falou sobre o trabalho do IVVI.

   Para ele, nesta data, o IVVI “comemora a importância de seu trabalho na sociedade assim como tem enorme gratidão por todos aqueles que de forma direta ou indireta concorrem para sua manutenção”. Confira a entrevista.

   Progresso: Há quanto tempo existe o IVVI? Quantas pessoas passaram pela instituição? Quais os métodos de tratamento utilizado pela entidade?

   Tino: O IVVI foi fundado em dezembro de 1999, apresenta um número expressivo de atendimentos: cerca de 4,1 mil pessoas já passaram por tratamento contra a Dependência Química. A Entidade possui um índice de recuperação superior ao da média nacional, de acordo com a Secretaria Nacional sobre Álcool e Drogas (SENAD). Recebe auxílio financeiro da Secretaria Nacional Cuidados e Prevenção às Drogas (SENAPRED), para atendimento de Vagas Sociais.  A proposta da entidade é trabalhar a promoção de valores e princípios, utilizando o Programa dos 12 Passos de AA (Alcoólicos Anônimos). Faz parte do tratamento a realização de Grupo de Prevenção à Recaída (PPR), Terapia Cognitiva Comportamental (TCC), e aprendem o valor de seu trabalho, nas atividades de manutenção do Centro de Tratamento (atividades de auto cuidado).

   Progresso: Quantos residentes estão em tratamento atualmente? O que a entidade oferece para eles?

   Tino: O IVVI possui hoje 20 acolhidos, com idades entre 18 e 53 anos, que contam com atendimentos social e psicológico, além da ajuda terapêutica, no aconselhamento da doença da dependência química. Na área terapêutica, valores importantes são resgatados entre os acolhidos: disciplina, higiene, alimentação saudável, mudança comportamental e espiritualidade.

   Progresso: Qual a média de recuperados no IVVI?  Em sua opinião, qual a importância do IVVI para Ituverava e região?

   Tino: O IVVI é a única Comunidade Terapêutica (CT) da região credenciada junto à Federação Brasileira das Comunidades Terapêuticas (FEBRACT) estando em andamento sua filial junto a Cruz Azul do Brasil. Também é a única que atende famílias em situação de vulnerabilidade social, oferecendo agora, pelo NAF – Núcleo Apoio à Família “José Plinio Romanini”, uma gama de atividades voltadas à Prevenção ao Uso de Drogas e pelo NAMI – Núcleo Apoio a Mulheres de Ituverava, disponibilizando o  apoio e orientação ás Mulheres vitimas de violência.

   Progresso: Quando surgiu o NAF e o NAMI? Qual sua finalidade e quais atividades já estão sendo oferecidas para a população?

   Tino: O NAF surgiu em novembro de 2020, visando dar mais um importante passo na prevenção às Drogas na infância e adolescência. Congregado ao IVVI, implantou em Ituverava um projeto que oferece gratuitamente diversas atividades recreativas e socioeducativas a Crianças, Adolescentes e Familiares, no contra turno escolar.

   O NAMI, criado e agregado ao IVVI em fevereiro/2022, veio proporcionar às mulheres, o apoio e orientação às vitimadas física e psicologicamente.

   Devemos dar todo apoio ao Grupo Juntos por Ituverava,   instalado no mesmo espaço do IVVI e mantém uma parceria que visa atender as famílias necessitadas de alimentos e vestuário e em contrapartida oferecemos a elas, orientação e apoio à questão da Drogadição.

   Outra parceria, imprescindível para o sucesso no Tratamento da Dependência Química, também convivendo no mesmo espaço, é o Grupo de Amor Exigente, uma filosofia que mostra como corrigir o que não está bem no lar e na família. É principalmente um programa de prevenção, mas também age sobre a recuperação. Esse Grupo não só ajuda jovens quimicamente dependentes como serve para qualquer jovem ou casal de pais com problemas. É basicamente uma proposta de educação destinada a pais e orientadores como forma de prevenir e solucionar os problemas com seus filhos.

   No local, gentilmente cedido pela Família Romanini, onde funcionou o Colégio Anglo, são desenvolvidas Ações em Grupo para Fortalecimento de Vínculos das Crianças, Adolescentes e suas Famílias; atividades lúdicas, esportivas e culturais; trabalho de prevenção ao uso de drogas; oficinas para capacitação, para geração de renda e encaminhamento para o primeiro emprego.

   Progresso: Por que é importante a população ituveravense colaborar com o IVVI? Como é possível ajudar a entidade?

   Tino: As verbas públicas, de extrema importância estão muito aquém das nossas necessidades. Precisamos do apoio de toda a comunidade para darmos continuidade aos projetos. Para isso, estamos contando com doações financeiras, de mão de obra ou material para construção, móveis, utensílios e equipamentos (novos ou usados), pois somente assim conseguiremos concretizar nossos objetivos. As doações podem ser entregues no Escritório do IVVI, a Rua Cel. Francisco Junqueira, nº 317 (defronte ao Supermercado Fartura) e pelo PIX 99998-1303. O agendamento de doações em materiais pode ser feito através do telefone 3729-6940.

   Progresso: Neste dia Internacional de Combate às Drogas o que o Instituto de Valorização da Vida de Ituverava tem a comemorar?               

Tino: A data de 26 de junho é designada pela ONU para comemorar o Dia Internacional da Luta contra o Uso e Tráfico de Drogas. No Brasil, foi adotado o Dia Nacional de Combate às Drogas, com objetivo conscientizar a população a respeito dos problemas desencadeados pelas drogas aos indivíduos que a consomem e à sociedade. O IVVI, que congrega hoje o NAF, o NAMI, as parcerias com o Grupo Juntos por Ituverava e o Amor Exigente, procura oferecer um Atendimento Integral à Família desde o início de sua formação, considerando que ela é a base de construção de uma sociedade livre e de bons costumes, comemora a importância de seu trabalho na sociedade assim como tem enorme gratidão por todos aqueles que de forma direta ou indireta concorrem para sua manutenção.