Padre Danilo completa dois anos de sacerdócio

   O padre Danilo Juscelino da Silva completou na segunda-feira, dia 31 de janeiro, dois anos de sacerdócio. Ele é ituveravense e exerce a função de vigário na Paróquia Nossa Senhora do Carmo de Ituverava, onde o pároco é o padre Carlos Henrique e conta também com o diácono, senhor João Nogueira.
   Para comemorar esse dia foi celebrada uma missa em ação de graças na Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo
   “Celebrar mais um ano de sacerdócio é celebrar mais um ano de Serviço ao Senhor, de entrega total a Ele e as ovelhas que Ele me confiou, é um dia também onde posso renovar essa entrega e agradecer por esse belo chamado que um dia Ele me fez”, disse o jovem padre em entrevista ao Jornal O Progresso.
   “Como pastor de ovelhas e pai espiritual a que fui chamado a ser às principais realizações, neste período, são poder ajudar o povo de Deus em sua peregrinação nesta terra rumo ao céu divulgando os sacramentos, pregando a palavra, aconselhando e socorrendo os mais pobres e necessitados que sejam os preferidos do Senhor”, completa Danilo.
   Para ele, a expectativa de mais um ano “é sempre de buscar ser melhor do que fui no ano que se passou, olhar para trás com gratidão, mas também com honestidade reconhecendo que sempre tenho onde melhorar, sempre posso me entregar mais, me empenhar mais, e esse é o desejo”.
   Ele atribuiu estes dois primeiros anos de sua ordenação “sempre à graça e a Misericórdia de Deus, se estou nesse ministério desde o dia em que me senti chamado até hoje isso é por pura graça e misericórdia de Deus e não há mérito algum de minha parte.”
   “Agradeço ao bom Deus a graça de poder servir como sacerdote nesses dois anos a nossa comunidade ituveravense, e como sempre peço, conto com as orações dessa comunidade, um padre só permanece de pé se tem por detrás uma comunidade de joelhos em oração por ele, e rogo que a nossa padroeira Nossa Senhora do Carmo nos proteja e interceda por nós junto ao seu Filho Jesus. Deus abençoe o povo de Ituverava”, conclui padre Danilo.