“Juntos por Ituverava” é instalado no NAF

Desde outubro deste ano, o Grupo “Juntos por Ituverava” instalou-se na sede no NAF (Núcleo de Apoio à Família “José Plínio Romanini”), que fica no prédio onde funcionava o Colégio Anglo. Com a pandemia da COVID- 19, diversas consequências foram desencadeadas e vão desde a saúde ao desemprego e necessidades financeiras. Diante de tudo isso, a pandemia despertou também a ampliação do espírito solidário através da promoção de grupos e pessoas que se uniram a fim de ajudar e amenizar os impactos causados pela pandemia.

Novas instalações

Entre as razões que levou o Grupo a mudar-se para o NAF, conforme explica a coordenadora do Grupo “Juntos por Ituverava”, Cristian Elizabete de Paula Silva é agregar junto aos projetos desenvolvidos através da instituição, visto que as necessidades das famílias vulneráveis persistem devido aos efeitos da pandemia.

“Estamos nos adaptando muito bem, pois a estrutura é perfeitamente adequada ao desenvolvimento do nosso trabalho”, afirmou.

Cristian concluiu deixando seus agradecimentos. “Deixo aqui toda a minha gratidão à sociedade, empresários, e todos que depositam sua confi ança em nosso trabalho”, agradeceu a coordenadora. “Sobretudo ao José Constantino da Silva “Tino” e toda sua equipe e colaboradores, que abriram as portas do NAF a nós e que, com certeza, Deus retribuirá em dobro”, salientou.

O Grupo

Ituverava conta, desde 2020, com o Grupo “Juntos por Ituverava”, que vem promovendo ações com a finalidade de contribuir com as famílias ituveravenses que estão em situação de vulnerabilidade. O Grupo é formado por “forças vivas’’ de Ituverava, que têm como objetivo fornecer apoio fraterno, atendimento psicológico, alimentos, produtos de higiene e limpeza, máscaras e informações relevantes sobre a pandemia de COVID-19 para a população. Direta e indiretamente, mais de 2 mil famílias já foram atendidas/auxiliadas pelo grupo.

A coordenadora Cristian destacou o trabalho realizado pela equipe “Juntos por Ituverava”, além de ressaltar o significado de estar agora instalado no NAF, com mais acesso, condições de estrutura e amplo espaço. “Através de estudos, a iniciativa visada desde o princípio foi o preparo para o momento crítico que viveríamos nos meses seguintes, procurando alcançar famílias que, de forma imediata, sentiram os efeitos impostos pela pandemia”, lembrou Cristian.

Desde o início das atividades, o Grupo Juntos por Ituverava ofereceu, além de alimentos, roupas, calçados, brinquedos, leites especiais, fraldas geriátricas, móveis, carrinhos, berços, atendimento psicológico, atendimento fraterno e um amplo canal de informações referentes à prevenção da COVID-19. As informações e orientações são encontradas também na página “Juntos por Ituverava” no Facebook e no Instagram.

Cristian explicou que o Grupo foi dividido por objetivos: Arrecadação e Distribuição de Alimentos; Figura Pública; Atendimento Psicológico; Atendimento Fraterno; Confecção de Máscaras; e Divulgação e orientação. A equipe possui entre 15 e 20 voluntários.

O NAF

Trata-se de um núcleo que tem como objetivo atender famílias, crianças e adolescentes em regime de contraturno escolar, com a finalidade de reduzir o risco de ficarem expostos ao vício e aos perigos de violência que acompanham a situação de vulnerabilidade a qual muitas estão expostas. É um projeto do Instituto de Valorização da Vida de Ituverava (IVVI), que por sua vez tem como finalidade atuar na prevenção às drogas com as crianças e adolescentes de Ituverava. A sede do NAF, localizado na antiga escola Liceu Van Gogh – Anglo, foi cedida pela família Romanini, para que fossem desenvolvidas atividades socioeducativas no prédio.

Publicidade