Incentivadores do Esporte são homenageados por ‘turma da APAE’

Aconteceu na manhã de domingo um jogo comemorativo entre os participantes do futebol da APAE. Na oportunidade, os jogadores prestaram homenagem a três incentivadores do esporte nos anos 80 e 90. Foram homenageados os conhecidos João Pereira Lima Júnior “Dôda”, Eurípedes Aparecido Frota Duque “Cidão do Mambrim” e Ariró Procópio dos Santos Filho. Eles compareceram no campo e receberam homenagens de jogadores que fizeram parte nos anos 80 do Time Infantil do Ariró. Os atletas recordaram que fizeram história no próprio recinto da APAE, que era então Casa do Menor, onde no campo de futebol, que ficava onde está o salão principal hoje, aconteciam campeonatos que reuniam crianças de todos os bairros da cidade e contava inclusive com time de crianças da própria casa.
“É um privilégio muito grande poder homenagear, em vida, três pessoas que fizeram um lindo trabalho no futebol de Ituverava, nosso querido Ariró Procópio dos Santos Filho, o presidente do time, Eurípedes Aparecido Frota Duque “Cidão”, nosso técnico, e João Pereira Lima Júnior “Dôda”, nosso auxiliar técnico”, lembrou Wellington de Lima Pereira “Mosquito”, que participa da turma da APAE e jogava pelo time do Ariró.
“Essas três pessoas criaram um time de futebol cujo estão aqui presentes alguns integrantes que vieram para homenageá-los: Moska, Gy, Lucão, Renatinho, Coronato, Chicão, e o Fabiano que era nosso cantor juntamente com seu irmão André e que formam hoje a conhecida dupla André e Fabiano”, recordou. “Eles usavam recursos próprios, e com esse time incentivaram as crianças a saírem das ruas e praticarem esporte”, completou o atleta.
Eles lembraram que em campeonatos na antiga Casa do Menor nos anos 80, o Time do Ariró sagrou-se campeão. “Naquele ano, antes de virmos para o jogo final, nos reunimos lá no Despachante Ariró, estávamos muito ansiosos, e assim que o Cidão e Dôda terminaram de dar as últimas palavras para irmos para o jogo, o Ariró nos presenteou com um meião para cada jogador, aquilo nos motivou muito, e assim chegamos aqui na APAE e vencemos o time da Casa do Menor e nos sagramos campeões”, destacou. “Que bom seria se ainda existisse pessoas como eles, como o He-Man que está aqui presente, que buscam motivar crianças no caminho do esporte, porque com esporte temos saúde, aprendemos regras, e o principal: fazemos amigos”, salientou.
“E hoje, após muitos anos, estamos aqui para demonstrar nossa gratidão entregando uma lembrança da época que nunca saiu de nossas memórias. Que Deus continue nos dando saúde para nos reunirmos mais vezes, para revivermos os momentos marcantes de nossas vidas dentro do futebol”, completou.
Os homenageados receberam placas alusivas à data do encontro. Estiveram presentes jogadores da época do Time do Aríró e da turma atual da APAE. A homenagem foi prestigiada pelo prefeito Luiz Araújo e a primeira-dama Fabiana, filha do homenageado Dôda e familiares dos homenageados, atletas do passado e do presente.
O representante da Diretoria da APAE, Flávio César de Oliveira, entregou um troféu simbólico para os atletas da manhã de domingo. Na oportunidade, aconteceu partida amistosa simbolicamente chamada de Amigos do Moska versus Amigos do Silmar, porém o mais importante foi a união e amizade consolidada entre os participantes e familiares. O jogo festivo teve como árbitro Everaldo He-Man e narração de Carlinhos Dentinho e Jorge Baltazar, sendo que no final os dois times se fizeram em uma só família, que é o espírito da turma de futebol da APAE. Em clima de total descontração, a partida marcou também o milésimo gol do jogador e cantor Fabiano que, de quebra, aproveitou o e fez o 1001º da carreira futebolística.