Empresa ControlPest é nova associada da ACII

A ControlPest é, agora, mais uma das associadas à ACII (Associação Comercial e Industrial de Ituverava). A ControlPest Saúde Ambiental está no mercado de controle de pragas e vetores urbanos há praticamente 12 anos. Através da empresa, são oferecidos serviços tais como: desinsetização (que engloba baratas, aranhas, formigas, escorpião, percevejos, lesmas, moscas, mosquitos, entre outros); desratização; controle de aves; desinsfecção de reservatórios de água; e sanitização de ambientes.
O proprietário da ControlPest Miguel Jorge Neto foi recebido por membros da Diretoria da ACII: presidente Vicente Paulo Vieira Júnior, vice-presidente Rauno Luís Lupoli e o tesoureiro Edelberto Diniz Costa “Beto”. Na oportunidade, o empresário concedeu entrevista ao Jornal O Progresso para falar sobre a atuação e atividades de seu negócio, e também das motivações que o levaram a tornar-se parceiro da ACII.
Em Ituverava, a ControlPest atua há cerca de nove anos, e por isso, o empresário informa o motivo de escolher a cidade para empreender.
A cidade
“Escolhemos essa cidade por ser próspera, de muitas possibilidades e onde atuam empresas de nome nacional e também pela diversidade de negócios a serem explorados tais como restaurantes, pizzarias, padarias, clínicas, consultórios, hospitais, locais esses que demandam um cuidado especial e que não permitem a invasão ou incidências de insetos”, declarou Jorge Neto.
Controle de pragas
Sobre a importância das empresas realizarem o trabalho de saúde ambiental, ele destacou que é necessário analisar caso por caso, a fim de concluir o melhor tipo de controle de acordo com as condições de limpeza e manutenção dos locais. “O controle de pragas está muito associado à higiene, limpeza e conservação dos ambientes. Por isso, tem que ser alinhado com esses outros itens”, frisou em entrevista. “Um controle de pragas realmente eficaz é feito em paralelo e com a participação do nosso cliente, pois somente o produto em si não se faz efetivo. Tudo tem a ver com as condições de limpeza e manutenção dos locais”, ressaltou o empresário Miguel Jorge Neto.
De acordo com ele, a incidência de pragas tem a ver com os “4 A’s”: alimento, água, acesso e abrigo. “Se algum desses tem falhas, o ambiente fica suscetível à presença indesejada das pragas. E a importância está justamente aí: um ambiente com pragas é um ambiente mal visto pelas pessoas e se o local tem alguma empresa que lhe atenda de maneira honesta, eficaz e atenciosa ela se livra da contaminação das pessoas e dos alimentos onde estão inseridos”, lembrou Neto.
Documentações
O empresário relembra também o processo para credenciar-se nesse mercado, que é pautado em uma série de documentações e relatórios exigidos pelos órgãos fiscalizadores. “Para atuar nesse mercado de maneira correta existe uma série de documentos que uma empresa idônea desse segmento tem que apresentar para que seja credenciada, consiga fazer um trabalho sério e que preencha as necessidades dos diversos órgãos que fiscalizam as empresas que mantêm um plano de controle constante de pragas e vetores, principalmente as de grande porte”, destacou.
Como exemplo, ele citou: PPRA, PCMSO, Manual de Operações Padrão, Certidões Municipal, Estadual e Federal, Certidão INSS, Certificados de Treinamentos dos Colaboradores tais como NR33 e 35, entre outros vários.
Recomendações
Miguel Jorge Neto esclareceu a respeito da constância necessária e da importância de oferecer garantia de acordo com o que é indicado tanto pelos órgãos como nos rótulos dos produtos utilizados. “Nós, como empresa certificada em todos os órgãos competentes, inclusive na Aprag, que é a nossa associação dentro do Estado de São Paulo, fazemos como recomendado tanto por esses órgãos como pelos fabricantes dos produtos, ou seja, damos a garantia conforme indicado no rótulo do mesmo que geralmente é de três meses”, afirmou.
“Mas isso pode variar de acordo com o tipo de operação e o tipo de praga. Em ambientes mais suscetíveis à presença de pragas recomendamos operações mensais”, pontuou.
Recepção
Miguel informou também como foi bem recebido em Ituverava, onde fez mais do que clientes, mas amigos de longa data. “Fui muito bem recebido em Ituverava quando iniciei minha trajetória faz oito anos. Fiz amigos que viraram clientes e que por consequência me indicaram pra outros”, disse o empresário a respeito da assiduidade dos clientes aliada à qualidade dos serviços oferecidos.
“Fiz inclusive trabalhos para a Prefeitura em diversas oportunidades, e isso também ajudou a nossa marca a ficar conhecida. Depois desse tempo todo, ainda tenho clientes desde quando comecei. Aliás, a alta fidelidade de meus clientes é outro motivo de orgulho para nós. Tenho clientes comigo desde que abri a empresa em 2009”, explicou.
Parceria
Com relação à cidade de Ituverava, Miguel Jorge Neto ressaltou que enxerga um futuro promissor, sobretudo com a nova parceria com a ACII. “Vejo como um mercado promissor ainda a ser explorado, com empresas de alto nível e por isso nossa busca por uma parceria com a ACII, associação que respeitamos muito e que pode nos ajudar em nosso caminho dentro desse mercado”, recordou sobre a importante parceria com a Associação Comercial.
“Nós, a partir de 2021, nos tornamos associados porque além de poder atender outros associados com condições especiais, pretendemos usufruir do que ela oferece para podermos evoluir individualmente e como grupo através de cursos, palestras, campanhas e outras coisas que a ACII tão brilhantemente oferece a seus parceiros”, finalizou o empresário.
ControlPest Saúde Ambiental: Para mais informações (16) 98840-6000 (celular e WhatsApp).